Para o ano novo, faça uma boa vida ✨

0 comentários

Quem nunca fez um caderninho de metas e objetivos para o ano? 

É normal, afinal parece que todo começo de ano carrega algo mágico. E como seres humanos fomos feitos para sonhar, idealizar, planejar e executar.

E se, ao invés de jogar metas e projeções super complexas, investíssemos nas mudanças simples para fazer um ano extraordinário?

Para isso a gente preparou uma jornada de dicas para você aproveitar o ano curtindo a vida com qualidade através de cuidados próprios. 

Dica #1

Falando bem a real, nada melhor do que começar comendo né?

Então a primeira dica para um bom ano é de o start pela alimentação, vamos te falar porquê:

O que comemos faz ligação direta com o jeito que nos sentimos, tanto emocionalmente quanto fisicamente, exemplo disso é o jeito que ficamos depois daquela feijoada com bastante bacon, arroz e farofa do final de semana e como ficamos no dia que a gente resolve voltar com a dieta comendo folhas e fazendo um pratinho mais leve - parece que estamos flutuando -.
Geralmente depois da alta ingestão açúcares e gorduras a sensação de indisposição entra em nosso sistema de carro alegórico, é a famosa leseira, que acontece pela lenta digestão e a absorção deles faz o corpo gastar muitas calorias levando a uma sensação de cansaço iminente.

Por isso, colocar folhas, frutas, peixes e fibras vão te ajudar a vitaminar seu ano com mais leveza, força e nutrientes, isso porque certas vitaminas e minerais em alguns alimentos podem ajudar a modelar seu cérebro podendo te deixar mais focado, evitando a perda de memória e o brain fog.


Dica #2


Já quero adiantar que um bom ano não se resume só em comer e dormir - embora seja só disso que estamos falando aqui até agora, rsrs - Enfim, a segunda indicação é cuidar bem do sono, se liga só nesse passo-a-passo do sono aqui:

Tome banho 90 minutos antes de dormir. Preste atenção, não é para tomar um banho de noventa minutos ein. A recomendação dos engenheiros biomédicos é tomar banho 1h e 30 minutos antes de dormir, justamente porque sua temperatura corporal e um banho quente vão se alinhar e te relaxar para uma boa noite de sono.

Troque os tipos de refeições noturnas
A qualidade do nosso sono é resultado do que comemos antes de dormir. Alguns cientistas afirmam que, em alguns casos, o que comemos se envolve até mesmo na configuração dos nossos sonhos.
Bom, de modo geral as recomendações que ficam são a de fazer refeições mais leves, evitando alimentos pesados como carnes vermelhas, frituras e massas gordurosas, refrigerantes, bebidas alcoólicas e café puro.
O processo de digestão dos mesmos pode complicar o sono por conta dos seus componentes. Por outro lado, não vá dormir de barriguinha vazia, a sugestão é a ingestão de alimentos com triptofano (que é a base da melatonina, hormônio responsável pelo sono) como abacate, banana e cereja por exemplo.

Carboidratos integrais, iogurtes, amendoim, chás calmantes, castanha de caju, chocolate amargo e maracujá complementam a lista, é bom reforçar que o excesso, mesmo desses, também não tem resultados muito legais.

Desligue o mundo online uma ou duas horas antes de dormir
Em vez de ficar ali por horas tentando ver tudo o que os feeds tem para mostrar e saber tudo o que as pessoas estão fazendo, dê um tempinho.
Você não precisa terminar a temporada daquela série agora, nem ficar muito tempo na tela do computador.
Talvez eu esteja parecendo meio chato, mas vamos lá, é para o seu bem.
Você sabe o que acontece quando ficamos muito expostos à luz das telas antes de dormir?
Os dispositivos emitem a luz azul, que é um tipo de sinal interpretado pelo cérebro como um alerta para permanecer acordado, pois bloqueia a melatonina na sua ação e te faz levar bem mais tempo para pegar no sono.

Desacelere
Deixa as luzes baixas, relaxe, respire fundo, feche os olhos e aproveite para dormir suas 6h a 8h. Acordar disposto e com o ciclo de sono completo durante o ano serão os efeitos colaterais dessa prática.

Dica #3

Comece, a treinar

Exercícios físicos fazem os dias diferentes, é só observar um atleta por exemplo, já viu como é nítido perceber o nível de concentração e alegria que existe antes de entrar em alguma prova?

Isso porque os exercícios físicos e a saúde emocional estão intimamente ligados e a interação deles é o que traz resultados sólidos.
Nosso corpo tem uma reação específica para a prática de esportes. Os grandes responsáveis por isso são os chamados hormônios da felicidade e os que se enquadram no reflexo da prática de esportes são principalmente a endorfina e a serotonina, sendo a primeira produzida em exercícios de impacto.
Ela funciona como um tipo de analgésico interno dando a sensação de bem estar após a prática ocasionando maior sensação de humor e alegria. Já sobre a segunda, a Associação Médica Homeopática Brasileira descreve que a serotonina é um neurotransmissor que aumenta diretamente o humor.

Sabe-se também que ela regula o ritmo cardíaco, sono, memória, temperatura corporal e pode até mesmo acabar com a sensação de solidão. 

A prática de exercícios, pouco a pouco vão gerando um novo rendimento na sua disposição física e mental, se eu fosse você não desperdiçava essa dica ein.

 

Dica #4 

Cuide da sua saúde mental

Toda correria do dia a dia, a sobrecarga das tarefas, a vontade de aprender outras técnicas e de estar sempre atualizado junto com o desejo de iniciar um projeto novo, muitas vezes nos envolvem em uma sobrecarga mental que começa nos deixando indispostos e podem gerar crises de ordens variadas, por isso a necessidade de parar por alguns momentos e respirar fundo. 

Um passo simples para iniciar o cuidado com a saúde mental é a meditação e concentração, talvez você diga ‘’Mas eu estou me sentindo bem, não preciso fazer isso’’, ok, vamos lá.

Não é só sobre estar se sentindo bem ou não, é sobre estar presente.
Não podemos discordar que nos últimos anos, com o avanço dos meios midiáticos, a multiplicação das fontes de entretenimento e conhecimento acabaram fragmentando muito as nossas relações interpessoais e nossa gestão de nós mesmos, nos fazendo operar no modo ‘’vida leva eu’’.
Acontece que, quando acabamos entrando no piloto automático, passamos pelas experiências da vida sem realmente estar ali.

Isso é mais ou menos o que a maioria das pessoas fazem ao acordar, segmentam seus dias e tarefas sempre pensando no que vem depois, e descartam a beleza que existe em abrir os olhos, sentir o vento, tocar o chão por estarem sempre com a mente em trânsito, visitando o que já foi e o que ainda não é, pulando pra dentro de suas rotinas almoçam com os familiares pensando ou bisbilhotando o que é que está acontecendo na vida de alguma celebridade, escovamos nossos dentes por obrigação higiênica mas nossas mentes já estão vagando longe, vamos tomar banho e muitas vezes nem percebemos a formosura que existe no contato da água com a pele porque estamos com a cabeça no que vamos fazer depois.

Quando ficamos muito tempo assim, sem perceber, começamos a entrar em um looping de stress, ansiedade e mau humor, pois estaremos sempre vivendo de projeções e os bons momentos vão passando sem que a gente perceba.
Para esse ano, dá tempo de viver o presente de um jeito consciente e intencional, parar, respirar, exercitar a concentração e adentrar na dimensão da calmaria e explorar um novo estado de paz.
O mais fascinante de tudo isso é que não existem dificuldades para encontrar essa saúde mental. O nosso próprio corpo nos ajuda no processo.

Iniciar técnicas de respiração e concentração como o mindfulness melhoram o humor juntamente com a capacidade de empatia, afinal, estar presente no momento amplia as perspectivas de compreensão até nos relacionamentos interpessoais.
Mais do que isso, a prática da atenção plena reduz os sintomas de pessoas com transtorno bipolar e diminui as condições de ansiedade.

Dica #5

Coloque as outras 4 dicas em prática.

É isso mesmo, a gente precisa reconhecer que existem coisas que só dependem de nós mesmos, e fazer um bom ano e uma boa vida é uma dessas coisas, é uma responsabilidade própria que nos enche de benefícios, não existem fórmulas mágicas ou poções super efetivas - na verdade o mais perto que chegamos disso é com a Dn1 - enfim, implementar esses hábitos vai te mostrar que já existe uma vida muito boa e saudável dentro de você, é só começar.

Deixe um comentário

Todos os comentários do blog são verificados antes da publicação

Olá!

Gostamos de manter você bem informado, por isto cadastre aqui seu email para continuar a acessar nosso blog.


Ao assinar, você concorda com a nossa política de privacidade.

Inscrição realizada com sucesso!
Este e-mail já foi registrado.
Newsletter